Hoje, 9 de junho, é o Dia Nacional da Imunização, data que reforça a importância da vacinação. Nos últimos anos, uma grande abordagem sobre a vacinação tomou os ambientes digitais, fazendo com que inverdades fossem ditas e muitos pais deixassem de cumprir o calendário vacinal de seus filhos.

“Isso é uma irresponsabilidade, as crianças não têm autonomia de decisão, e, principalmente, porque o não vacinar faz com que outras pessoas sejam colocadas em risco por doenças que estavam controladas”, destaca a médica dermatologista em Florianópolis, Solange Emanuelle Volpato Steckert, ao lembrar dos casos de sarampo verificados nos últimos anosno Brasil.

No país, desde 1973 o Programa Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde, vacina gratuitamente a população com medicamentos recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) sendo que todas as vacinas aplicadas no território nacional são consideradas seguras e eficazes.

De acordo com Solange, notícias falsas começaram a circular na internet e em redes sociais indicando que muitas vacinas, como a da gripe, por exemplo, podem deixar o paciente doente ao invés de prevenir a doença. “As vacinas têm moléculas mortas ou atenuadas que quando entram no organismo estimulam o sistema imunológico a reagir e a produzir anticorpos para defender o corpo contra os agentes, dando imunidade contra as doenças que eles causam. Alguém resolveu contar uma história diferente dessas e coloca milhares de pessoas em risco de vida e desregula o controle em saúde do Brasil que sempre foi um exemplo a ser seguido”, afirma.

Lembrando que as vacinas não são somente para crianças, há também para jovens, adultos e idosos.

**********************
Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – telefone e Whatsapp (48) 3030-2930
Centro Catarinense de Cardiologia – Telefone (48) 3222-1798

Faça contato para saber sobre planos de saúde e formas de pagamento.