Doença identificada em 1882, por Roberto Kock, a tuberculose é uma doença ainda muito presente na nossa sociedade. A doença tem cura se for diagnosticada precocemente e se o tratamento for realizado até o fim. Seu principal sintoma é tosse seca ou produtiva e persistente por mais de três semanas. Muito importante frisar que a tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível que afeta principalmente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e/ou sistemas.

A tuberculose no Brasil é historicamente um grave problema de saúde pública. Por ano são diagnosticados 70 mil novos casos e pelo menos 4,5 mil pessoas morrem em decorrência da doença.

Além da tosse citada anteriormente, outros sintomas associados ao paciente com tuberculose são febre vespertina, sudorese noturna, emagrecimento e cansaço.

O diagnóstico da doença é feito por médico e inclui, além do exame em consulta presencial, radiografia de tórax, baciloscopia, teste rápido molecular para tuberculose e cultura de microbatéria.

A tuberculose é uma doença de transmissão aérea, durante a fala, espirro ou tosse de pessoas com tuberculose ativa. Calcula-se que, durante um ano, um indivíduo que tem tuberculose pode infectar, em média, de 10 a 15 pessoas. Bacilos que se depositam em roupas, lençóis, copos e outros objetos dificilmente transmitem a doença.

O tratamento da tuberculose dura no mínimo, seis meses, é gratuito e disponibilizado no sistema público de saúde. São utilizados pelo menos quatro medicamentos para garantir a cura de maneira segura.

Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – telefone e Whatsapp (48) 3030-2930
Centro Catarinense de Cardiologia – Telefone (48) 3222-1798

Faça contato para saber sobre planos de saúde e formas de pagamento.