Considerado um grande coringa pelos médicos o laser de Dióxido de Carbono (CO2) é um dos tratamentos mais modernos dentro dos consultórios dermatológicos. O aparelho é capaz de atingir camadas profundas da pele e aumentar a produção de colágeno.  Por isso o Laser de CO2 é indicado para quem busca rejuvenescimento, remoção de cicatrizes sejam cirúrgicas ou consequências da acne e até estrias. O tratamento também é indicado para melhorar a flacidez e a qualidade da pele. O número de sessões para conseguir o resultado desejado vai ser avaliado pelo dermatologista.

As sessões levam em média uma hora, desde a anestesia até a aplicação. A dermatologista Solange Emanuelle Volpato Steckert explica o procedimento: “A dor durante a aplicação Laser de CO2 é variável e dependerá da energia, potência e local a ser aplicado. Para minimizar podemos usar anestésicos tópicos, anestesia injetável e também a anestesia com sedação, que neste caso será realizada por um médico anestesiologista.”

Os resultados do tratamento com o Laser de CO2 são considerados duradouros, mas novas aplicações podem ser indicadas. “Temos que lembrar que o nosso ato de envelhecer é contínuo”, esclarece a dermatologista que alerta que aplicação de Laser deve ser realizada por profissional habilitado. “Sempre orientamos que os pacientes não caiam na cilada do preço mais barato e realizado por profissionais não habilitados. As sequelas do mau uso desse equipamento podem ser irreversíveis”, encerra.

Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert

Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – (48) 3030-2930

Centro Catarinense de Cardiologia – (48) 3222-1798

CEMISC – (48) 3380 0833