No Dia Mundial de Combate à Tuberculose –  24 de março, um alerta para prevenção da doença infectocontagiosa que afeta principalmente os pulmões e pode acometer órgãos como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro). A transmissão ocorre quando o doente expele – ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotículas de saliva que podem ser aspiradas por outro indivíduo. Cada paciente com tuberculose pulmonar que não se trata, pode infectar em média 10 a 15 pessoas por ano.

A prevenção é realizada por meio da vacina BCG, obrigatória para menores de um ano no Brasil.

Os sinais e sintomas frequentes da Tuberculose são: tosse seca ou com secreção por mais de três semanas, podendo evoluir para tosse com pus ou sangue; cansaço excessivo e prostração; febre baixa geralmente no período da tarde; suor noturno; falta de apetite; emagrecimento acentuado e rouquidão.

Se você apresenta algum desses sintomas procure um médico para orientação profissional e realização de exames de investigação da Tuberculose.

Fontes: Assistência Multidisciplinar de Saúde / Ministério da Saúde

Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert 
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474 

Gastro Medical Center – (48) 3030-2930 
Centro Catarinense de Cardiologia – (48) 3222-1798 
CEMISC – (48) 3380 0833