A dermatologista reforça que o uso do protetor solar deve começar aos seis meses de idade

               Os cuidados com a radiação solar devem começar cedo. Segundo a dermatologista Solange Emanuelle Volpato Steckert, o uso do protetor solar deve ser iniciado após os seis meses de idade e ser usado durante a vida toda. A médica comenta que antes dessa idade, e por recomendação da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), os pais não devem fazer o uso de produtos, nem expor o bebê diretamente ao sol.

               “Essa ação é uma proteção contra queimaduras solares agudas e melanomas, e o uso do protetor solar diminui a chance de doenças ao longo dos anos”, explica.

               A dermatologista orienta que os pais devem ficar atentos ao número do FPS (fator de proteção solar) que deve ser no mínimo de 30 e de preferência ser resistente à àgua, e os mesmos devem ser específicos e de acordo com a pele dos bebês e crianças.

               Outra dica importante é caprichar na escolha das roupas com fator de proteção solar e acessórios, como chapéus, afinal as crianças acabam ficando mais tempo expostos ao sol, seja na piscina, rio ou no mar.  “É importante sempre ficar atento ao horário de exposição solar e seguir aquela regrinha que aprendemos desde pequenos, evitar a exposição solar entre as 10 às 16 horas”, salienta.

               A médica destaca ainda que muitas alterações que aparecem na vida de um bebê ou da criança são de ordem dermatológicas. E por isso é importante, desde cedo, participar de consultas com profissionais da área, ainda mais quando houver algum histórico de doença na família.

Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – (48) 3030-2930
Centro Catarinense de Cardiologia – (48) 3222-1798
CEMISC – (48) 3380 0833