Estar atento aos sinais do próprio corpo pode ajudar no diagnóstico precoce de diversas doenças. E esse cuidado também é importante para evitar ou pelo menos descobrir cedo o câncer de pele, que responde por 33% de todos os diagnósticos da doença no Brasil.

 Apesar de ser muitas vezes assintomática, o câncer de pele também é de fácil diagnóstico. Quem tem pintas e sinais deve estar atento. Aumento de tamanho ou mudanças de formato, cor e textura não podem ser ignorados. Assim como lesões e feridas que demoram a cicatrizar. Se houver casos na família, esses cuidados devem ser ainda maiores.

O paciente pode ajudar no acompanhamento de lesões suspeitas, mas é importante lembrar que esse exame caseiro não substitui a avaliação de um especialista. O dermatologista é o médico indicado para diagnosticar e pedir os exames necessários para comprovar o câncer de pele.

O Dezembro Laranja, uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia, começou há 4 anos com a intenção de alertar para os perigos do câncer de pele. Mais de 176 mil novos casos são diagnosticados por ano no Brasil. 


Dra. Solange Emanuelle Volpato Steckert
Dermatologia | CRM/SC 15086 | RQE 16474

Gastro Medical Center – (48) 3030-2930
Centro Catarinense de Cardiologia – (48) 3222-1798
CEMISC – (48) 3380 0833